O objetivo do GT é promover a reflexão e difundir conhecimentos sobre preservação audiovisual, memória e patrimônio cultural de forma ampla promovendo diferentes ações: diálogos e comunicações; treinamentos, oficinas e cursos; projetos culturais, campanhas, ações conjuntas com instituições e consultorias.

Nosso público alvo compreende estudantes, profissionais especialistas e técnicos do meio dos arquivos e suas equipes multidisciplinares, artistas, realizadores e produtores, pesquisadores e todos que possam desenvolver interesse pela preservação da memória audiovisual, a urgência da conscientização e suas ações.

Parcerias

Compreendemos que as parcerias e contatos institucionais com arquivos e centros de memória são fundamentais, assim como com escolas e universidades. Porém, também acreditamos ser de fundamental importância para a formação de profissionais da área os cursos de curta duração, ações educativas de preservação em eventos (mostras e festivais) e em programações de institutos culturais. Desta maneira, nos dividimos em três frentes que se intercomunicam e complementam-se, representadas por coordenadoras:


● Educação Profissional (Fernanda Coelho) - Comunicação com arquivos e
instituições de memória. Treinamentos, formação e transmissão de conhecimentos e fazeres específicos da preservação audiovisual;
● Educação Universitária (Thaís Blank) - Comunicação com escolas e universidades, Laboratórios, Fóruns e sociedades (Forcine, Socine, por ex.). Cursos e disciplinas, inclusão da temática nos cursos de audiovisual (e outros), apoio pedagógico;
● Educação Não Formal (Amanda Parra) - Comunicação com centros culturais,
eventos e festivais, realizadores, artistas e produtores, mídia. Workshops, cursos de curta duração, oficinas, campanhas.

Ações
As propostas podem ser desenvolvidas tanto para serem produzidas com a participação da Associação como também contando com sua consultoria e avaliação, como na sugestão de estratégias e ferramentas de ensino em cursos já correntes e apoio a iniciativas já existentes.
Prezando pelo alcance das ações e descentralização dos conhecimentos divulgados, propomos contar com o apoio de plataformas online para iniciativas que podem ser compartilhadas ou realizadas à distância.

Etapa inicial
Inicialmente o GT propõe realizar um levantamento para mapear diferentes iniciativas em andamento em centros universitários, cursos livres e projetos que articulam preservação audiovisual e educação. A partir de um formulário online , a pesquisa estruturada qualitativa/quantitativa poderá reunir informações objetivas valiosas para o desenvolvimento das estratégias e primeiros vínculos, dentro e fora do âmbito da ABPA.

Cronograma estimado


Até fim de outubro: Aprovação e adequação da proposta de GT (pela diretoria)
Até 16/11: Elaboração do questionário e estratégias de sua aplicação
(redes, contatos, etc)
De 20/11 a 28/02: Divulgação e aplicação do questionário (pouco mais de 3
meses)
De 01/03 a 13/04: Análise de resultados (1 mês e meio)
Até 30/04: Apresentação de prévia de resultados da pesquisa na lista da
ABPA para livre discussão (dados brutos)
Junho/2019 /14a Cineop: Apresentação de relatório da pesquisa no Encontro da ABPA e discussão dos primeiros pontos para plano de trabalho em 2019/2020
Até setembro 2019: Relatório mais apurado da pesquisa a ser disponibilizado no website da ABPA e metas do GT


Login


© Associação Brasileira de Preservação Audiovisual - Direitos reservados