Alinhado ao programa de estímulo ao audiovisual mineiro da Secretaria de Estado de Cultura de Minas Gerais e em sintonia com as diretrizes da Associação Brasileira de Preservação Audiovisual (ABPA), o Arquivo Público Mineiro participa das comemorações do Dia Mundial do Patrimônio Audiovisual, no próximo dia 27 de outubro.

A proposta de comemorar o Dia Mundial do Patrimônio Audiovisual com a realização da mostra de filmes visa fomentar discussões sobre medidas de preservação e acesso a acervos de imagens em movimento, além de apresentar parte do acervo fílmico sob a guarda do APM, dentre esses alguns filmes restaurados. Na ocasião também será promovida uma oficina de preservação de acervos fílmicos, ministrada pelo preservador audiovisual Alexandre Pimenta.

A exibição de filmes será ao ar livre, no jardim situado entre o Museu Mineiro e o Arquivo Púbico Mineiro e a oficina na sala Multimeios do APM.

A DATA

Instituído pela UNESCO, o Dia Mundial do Patrimônio Audiovisual é uma ocasião para refletirmos e buscarmos condições para que os acervos audiovisuais possam ser preservados às futuras gerações. A iniciativa da UNESCO integra o programa Memória do Mundo, que desde 1992 visa proteger e promover o patrimônio documental mundial por meio de estratégias aperfeiçoadas para preservação e acesso.

As políticas públicas em todas as esferas têm estimulado a criação de centros regionais de preservação audiovisual. Além disso, a criação da ABPA, que neste ano comemorou seu 10º aniversário no CINEOP na cidade de Ouro Preto (MG), dinamizou o debate sobre a conservação dos acervos de imagem e movimento.

A obsolescência dos suportes e das tecnologias para exibição são fatores que tornam a preservação audiovisual um desafio para as instituições de salvaguarda do patrimônio audiovisual – cinematecas, museus de imagem e som ou arquivos públicos e privados – já que a conversão para formatos atuais ainda possui um custo elevado, mas necessário para promover o acesso universal e democrático ao patrimônio audiovisual.

ARQUIVO PÚBLICO

O APM vem investindo na preservação e divulgação do acervo audiovisual produzido no Estado de Minas Gerais, trabalhando no recolhimento, identificação, acondicionamento, telecinagem e disponibilização de vários filmes que se encontravam em estado avançado de deterioração, além da constituição de áreas especializadas de guarda climatizada, com controle de temperatura e umidade. O acervo é constituído por aproximadamente 650 filmes em vários suportes, como películas nos formatos 35mm, 16mm, super 8mm, além de suportes mais recentes, como fitas magnéticas e mídias digitais (Betacam, U-matic, VHS, DVD, entre outros). Este rico acervo registra importantes eventos da história de Minas Gerais e do país, além da história do cinema mineiro, com a presença dos mais antigos filmes produzidos no Estado. Contém filmes de diversas épocas e retrata a produção cinematográfica do estado como o cinema mudo ou silencioso, filmes de cinejornais, imagens de cidades mineiras em diversas épocas, filmes sobre instituições estatais e filmes ficcionais e experimentais de cineastas que ousaram inovar, na década de 80, além de produções recentes.

PROGRAMAÇÃO

Oficina de Preservação de Acervos Audiovisuais

Coordenação: Alexandre Pimenta

Dia: 27/10

Horário: 14h

Carga horária: 4h

Vagas: 20

Entrada gratuita com direito a certificado

Local: Sala Multimeios - Arquivo Público Mineiro

Av. João Pinheiro 372, Funcionários - 30130-180 | Belo Horizonte, MG – Brasil

Inscrição na oficina e outras informações: (31) 3269-1167 | Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Mostra de Filmes do acervo do APM:

Dia: 27/10

Horário: das 19h às 21h

Posse do Presidente Arthur Bernardes

P/b

Duração:– 46 min

Botelho film - p/b – mudo

1922

Visita Presidencial a Sabará – Getúlio Vargas

P/b

11’24

Getúlio Vargas - p/b – mudo

1937

Recepção do Grão Duque de Luxemburgo

P/ b

2, 07

Argus filmes – Recepção aos Grãos duques de Luxemburgo – Celso Araújo

S/d

80 anos de Belo horizonte

Cor

10'20"

Minas Filmes – J. Araujo Cotta – 1977 colorido, p/b imagens de arquivo

1977

Dona Olímpia de Ouro Preto

Luiz Alberto Sartori

Cor

00:14:16

Documentário sobre Dona Olímpia Cota, personalidade popular de Ouro Preto.

1971

Nada Além

Sérgio Lara

Cor

00:05:50

O filme trata do pesadelo de um homem às voltas com livros de cinema. Possui trechos do filme “Dama do Lotação” de Nelson Rodrigues.

1980

Um Sorriso Por Favor

José de Barros

P&B

00:20:50

Filme inspirado na vida e obra do gravador brasileiro Oswaldo Goeldi.

1981

Polícia: O Crime dos Irmãos Piriá

Luiz Alberto Sartori

P&B

00:14:35

Documentário de ficção sobre dois irmãos perseguidos pela polícia, mostrando cenas de perseguição, fugas e emboscadas, além de trechos de notícias de jornais da época.

1981

Polís

Marcos Pimentel

Cor

22 minutos

Um dia qualquer, uma cidade comum.

O horror e o sublime do urbano em constante transformação, numa era onde não há nada acabado, definitivo. Construção e destruição, sístole e diástole expressas na poética da pólis contemporânea. Acervo Filme em Minas

2009


Login


© Associação Brasileira de Preservação Audiovisual - Direitos reservados